Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Aos 15 anos, pessoense realiza sonho de vestir a camisa do time feminino do Corinthians

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A paraibana Joyce Andrade está de malas prontas para um novo desafio, pós uma temporada no Mixto-PB de Mangabeira, a jogadora de 15 anos foi contratada para atuar no sub-17 de futebol feminino do Corinthians. Ela foi observada durante uma seletiva realizada em junho pela Federação Paulista de Futebol (FPF) e na próxima semana será apresentada oficialmente como nova jogadora do clube paulista.

Inspirada em Lionel Messi e Marta, a meio-campista – que, assim como seus ídolos, também usa a perna esquerda como arma de jogo – se inspira no pai para construir a sua carreira no futebol. Josinaldo é ex-atleta, com passagens por Botafogo-PB e Náutico nas décadas de 80 e 90. E a jovem atleta sente que, agora, tem a oportunidade de dar um grande passo na sua curta trajetória no futebol.

– Eu tinha o sonho de jogar no Corinthians e agora estou realizando. Já queria uma oportunidade como essa para atuar no Sul ou Sudeste, assim como também vou buscar futuramente uma chance na seleção brasileira – disse.

E não é exagero dizer que ela foi cobiçada por dois grandes rivais. Após ser aprovada na seletiva da Federação Paulista – que pela primeira vez realizou algo nesse sentido no futebol feminino -, Joyce fez testes no Corinthians e no São Paulo e recebeu propostas dos dois clubes. Mas optou pelo Timão. Ela passou a última semana na capital paulista e até já fez alguns treinos na sua nova casa, com a camisa alvinegra.

Assim como muitos atletas da modalidade, Joyce deu os seus primeiros passos no futsal. Recentemente no futebol, ela integrou o elenco do Mixto-PB, atual vice-campeão paraibano. Outro detalhe que se repete na história da jogadora é a dificuldade de construir uma carreira em solo paraibano, e por isso ela precisou buscar em outro centro essa chance.

– Infelizmente, enquanto pai e incentivador, precisamos fazer isso. Diversas meninas em João Pessoa têm talento para jogar em qualquer clube do Brasil, mas falta uma oportunidade como essa. Um dos motivos é a condição financeira, e isso ainda limita muitos atletas a mostrarem o seu talento – disse Josinaldo.

A paixão pelo futebol e o desejo de se tornar atleta é algo que Joyce compartilha dentro de casa com o pai, mas também com a irmã Julya, que é gêmea e joga como goleira na Paraíba.

*Raniery Soares é repórter da CBN João Pessoa e colabora com o GloboEsporte.com/pb