Anterior
Próximo
Anterior
Próximo

Após audiência, acusados de assassinar bombeiro militar são transferidos

Foi realizada no final da manhã desta sexta-feira (31), a audiência de custódia dos acusados de participarem do homicídio do sargento bombeiro militar Joselho de Souza Leite, de 52 anos, morto na última quinta-feira com dois tiros no rosto dentro do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros, localizado em Mangabeira.

Em rápida reunião, a juíza Andréa Arcoverde manteve as prisões e definiu que os acusados, Jonas Ribeiro Sobrinho, de vinte anos, suspeito de efetuar os disparos, Natan Antônio de Carvalho, de dezoito anos, motorista que possibilitou a fuga e Thiago Ribeiro da Cunha, de 32 anos, que encomendou o roubo, serão encaminhados para o PB1, em Jacarapé.

Não foi permitido que a imprensa tivesse acesso à audiência ou aos acusados no Fórum Criminal, onde estão aguardando os trâmites legais antes de serem encaminhados à carceragem.

 

 

T5