Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Avianca tem 40 voos cancelados na Paraíba até domingo (28)

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Quarenta voos da companhia aérea Avianca Brasil que tinham a Paraíba como destino ou origem foram cancelados a partir desta segunda-feira (22) até o domingo (28). O cancelamento ocorre porque, a partir desta segunda, a companhia começa a devolver 18 dos 25 aviões que ainda operava.

Conforme lista divulgada pela Avianca, foram cancelados os voos 6194, de Guarulhos, em São Paulo, para João Pessoa, e o 6195, no sentido inverso, em todos os dias da semana; os voos 6136, do Galeão, no Rio de Janeiro, para João Pessoa, e o 6137, de João Pessoa para o Rio De janeiro; e os voos 6342 e 6343 entre João Pessoa e Brasília.

A empresa está em recuperação judicial e suas operações têm sido impactadas por decisões judiciais que determinaram a devolução de aviões por falta de pagamento. No país todo, 1.045 voos foram cancelados nesta semana. Confira lista dos voos cancelados na Paraíba:

Voos da Avianca cancelados até domingo (28), na Paraíba

Voo Data Origem Destino
6136 22/04/2019 Galeão (RJ) João Pessoa (PB)
6137 22/04/2019 João Pessoa (PB) Galeão (RJ)
6342 22/04/2019 Brasília (DF) João Pessoa (PB)
6343 22/04/2019 João Pessoa (PB) Brasília (DF)
6136 23/04/2019 Galeão (RJ) João Pessoa (PB)
6137 23/04/2019 João Pessoa (PB) Galeão (RJ)
6194 23/04/2019 Guarulho (SP) João Pessoa (PB)
6195 23/04/2019 João Pessoa (PB) Guarulhos (SP)
6342 23/04/2019 Brasília (DF) João Pessoa (PB)
6343 23/04/2019 João Pessoa (PB) Brasília (DF)
6136 24/04/2019 Galeão (RJ) João Pessoa (PB)
6137 24/04/2019 João Pessoa (PB) Galeão (RJ)
6194 24/04/2019 Guarulhos (SP) João Pessoa (PB)
6195 24/04/2019 João Pessoa (PB) Guarulhos (SP)
6342 24/04/2019 Brasília (DF) João Pessoa (PB)
6343 24/04/2019 João Pessoa (PB) Brasília (DF)
6136 25/04/2019 Galeão (RJ) João Pessoa (PB)
6137 25/04/2019 João Pessoa (PB) Galeão (RJ)
6194 25/04/2019 Guarulhos (SP) João Pessoa (PB)
6195 25/04/2019 João Pessoa (PB) Guarulhos (SP)
6342 25/04/2019 Brasília (DF) João Pessoa (PB)
6343 25/04/2019 João Pessoa (PB) Brasília (DF)
6136 26/04/2019 Galeão (RJ) João Pessoa (PB)
6137 26/04/2019 João Pessoa (PB) Galeão (RJ)
6194 26/04/2019 Guarulhos (SP) João Pessoa (PB)
6195 26/04/2019 João Pessoa (PB) Guarulhos (SP)
6342 26/04/2019 Brasília (DF) João Pessoa (PB)
6343 26/04/2019 João Pessoa (PB) Brasília (DF)
6136 27/04/2019 Galeão (RJ) João Pessoa (PB)
6137 27/04/2019 João Pessoa (PB) Galeão (RJ)
6194 27/04/2019 Guarulhos (SP) João Pessoa (PB)
6195 27/04/2019 João Pessoa (PB) Guarulhos (SP)
6342 27/04/2019 Brasília (DF) João Pessoa (PB)
6343 27/04/2019 João Pessoa (PB) Brasília (DF)
6136 28/04/2019 Galeão (RJ) João Pessoa (PB)
6137 28/04/2019 João Pessoa (PB) Galeão (RJ)
6194 28/04/2019 Guarulhos (SP) João Pessoa (PB)
6195 28/04/2019 João Pessoa (PB) Guarulhos (SP)
6342 28/04/2019 Brasília (DF) João Pessoa (PB)
6343 28/04/2019 João Pessoa (PB) Brasília (DF)

Fonte: Avianca Brasil

O cancelamento de voos começou em 13 de abril e tem ocorrido diariamente desde então. Só nesta Páscoa, foram 612 voos cancelados. Ao todo, foram 62% voos a menos que no mesmo feriado do ano passado. Passageiros estão sendo avisados com antecedência, segundo a companhia.

A atualização dos voos cancelados está na página da Avianca Brasil.

 

Passageiros afetados
A companhia aérea disse que tem entrado em contato com os passageiros afetados para oferecer reembolso ou opções de reacomodação.

Também informou que, se as passagens foram compradas por meio de agências ou sites de viagem, o passageiro deve entrar em contato diretamente com as empresas.

Segundo a Anac, em caso de cancelamento ou de alteração do voo por iniciativa da Avianca, o passageiro deve ter os seus direitos respeitados, disponíveis para consulta no portal da Anac na internet.

Reclamações podem ser feitas pela plataforma Consumidor.gov.br e, caso não sejam atendidas, o passageiro poderá recorrer aos órgãos do Serviço Nacional de Defesa do Consumidor.

Plano de recuperação
Quarta maior companhia aérea do Brasil, a Avianca Brasil está em recuperação judicial desde dezembro do ano passado. Em 5 de abril, os credores aprovaram o plano de recuperação judicial da companhia.

O plano prevê a divisão da companhia em sete Unidades Produtivas Isoladas (UPIs) que serão levadas a leilão, marcado para o dia 7 de maio. Tanto a Latam Brasil quanto a Gol concordaram em fazer uma oferta no valor mínimo de US$ 70 milhões para pelo menos uma UPI e seus respectivos ativos. A Azul chegou a fazer uma oferta de compra, mas, na quinta-feira (18), anunciou ter desistido.

Nos últimos dias, a companhia aérea também tem enfrentado uma série de problemas com operadores de aeroportos. A companhia está atrasando o pagamento de taxas aeroportuárias, o que tem levado as empresas operadores a ameaçar de suspensão de voos da companhia.

O juiz que homologou o plano de recuperação da Avianca não aceitou o pedido da aérea para que a devolução dos aviões fosse feita gradualmente, até julho. A companhia já atrasou pagamentos nos aeroportos de Guarulhos, Florianópolis, Porto Alegre, Salvador e Fortaleza.

g1