Previous
Next
Previous
Next

Banco de Leite Humano promove campanha para arrecadar leite materno em Campina Grande

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

O Banco de Leite Humano Dr. Virgílio Brasileiro, do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea), em Campina Grande, iniciou uma campanha para incentivar mulheres com leite excedente a doarem leite humano para o BLH. O objetivo é aumentar a coleta, que neste mês de janeiro é mais baixa que nos outros meses.

“O estoque está praticamente zerado e necessitando da ajuda das mulheres que tiveram bebê, que estão saudáveis e que têm uma produção excedente de leite materno”, disse a coordenadora do BLH, Luciene.

Além da queda nas doações por causa do início de ano, tem a redução também em função da pandemia. Contudo, a equipe do Banco de Leite também realiza a coleta domiciliar. As interessadas devem ligar para o telefone 3310-6356 e realizar o cadastro, que receberão as orientações, os recipientes coletores e receberão as visitas semanais da equipe para realizar a coleta.

O leite humano do BLH é utilizado com recém-nascidos e para suprir os bebês cujas mães não produzam leite suficiente. É através do leite doado que os bebês se recuperam e recebem alta médica. Além do Isea, o BLH fornece leite para outras maternidades, como FAP, Clipsi e Santa Clara.

“Esse é um grande gesto de amor que ajuda a salvar a vida dos bebês internos nas UTIs de toda Campina Grande”, disse Luciene. Quem não puder doar leite, pode doar potes de vidro com tampa plástica com capacidade de 200 ml a 500 ml, o ideal para a pasteurização do leite materno. Basta levar os potes ao banco de Leite que funciona no Isea de segunda a sexta-feira, pela manhã e à tarde.

portalcorreio