Previous
Next
Previous
Next

Bola diz que mudança no Muriçocas do Miramar foi um tiro no pé e que prejudicou Folia de Rua

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente da Associação Folia de Rua, Bola, lamentou a queda de público no bloco Muriçocas do Miramar, adotadas para o pré-carnaval 2019 de João Pessoa. O evento aconteceu tradicionalmente nessa quarta-feira (27) de Fogo, na Capital, e com a diferença de não descer a Avenida Epitácio Pessoa com vários trios. Neste ano, foram apenas dois: um com Ramon Schnayder e outro com Beto Movimento.

Após anunciar que não desceria a Via Folia, o Muriçocas do Miramar resolveu fazer a festa em quatro polos: um palco na Praça das Muriçocas, outro no cruzamento da Epitácio Pessoa com a Rua Tito Silva, a ala dos estandartes e a descida de apenas dois trios na Via Folia.

Bola disse que a mudança do Muriçocas prejudicou o Folia de Rua. “Faço esse balanço com muita tristeza. A gente vê um bloco com essa importância, um bloco que é um patrimônio cultural, que é motivo de autoestima para nossos pessoenses, sair da forma que saiu ontem com um número muito reduzido de foliões, prejudicando todo o movimento Folia de Rua, frustrando todos os seus foliões.”

Ele relatou que o público reduzido virou assunto na Capital. “Desde ontem, é o motivo de conversas na cidade, todos comentando, todos frustrados com isso. Até porque o Muriçocas é a referência do Folia de Rua: o Muriçocas estando bem, todo o movimento está bem.”

Bola desabafou dizendo que a modificação no Muriçocas do Miramar foi um tiro no pé. “Dizer da minha tristeza enquanto dirigente da Associação Folia de Rua que coordena essa prévia com seus 40 blocos filiados, 60 convidados. Fazemos a abertura desse movimento quando toda a cidade acorda para as prévias do Folia de Rua. Foi muito ruim, uma coisa impensada, em cima da hora, frustrando todo mundo, prejudicando o movimento Folia de Rua. Foi um tiro no pé. Você não pode fazer nada, sem fazer um planejamento.”

clickpb