Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Campinense x Botafogo: tudo o que você precisa saber sobre o confronto da Copa do Brasil

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Vai começar a Copa do Brasil para Campinense e Botafogo. Nesta quarta-feira, paraibanos e cariocas vão se enfrentar no Estádio Amigão, em Campina Grande, em duelo válido pela primeira fase do mata-mata mais empolgante do país. A partida está marcada para começar as 21h30 (horário de Brasília) e, enquanto a Raposa, campeã do Nordeste em 2013, retorna ao torneio nacional após dois anos, o Glorioso quer estabilidade no início da temporada e não se esquece do trauma de 2018 em Aparecida de Goiânia. Mandante do jogo, o Rubro-Negro paraibano precisa da vitória, enquanto que o Alvinegro carioca joga pelo empate para se classificar.

O Campinense vive um ano de reconstrução após não conseguir o acesso à Série C do Brasileirão no ano passado. Por isso, o Rubro-Negro apostou no retorno do experiente técnico Francisco Diá para fazer o novo elenco encaixar e bater de frente com o Botafogo-PB, atual bicampeão estadual, no Campeonato Paraibano. Mas na Copa do Brasil, quis o destino que o adversário fosse o xará carioca.

Na competição nacional, o Campinense jamais teve algum momento de protagonismo. Afinal, na melhor campanha de sua história, o clube foi eliminado pelo Flamengo, em 2013, pela segunda fase. Por isso, derrotar o Botafogo seria um marco para a Raposa, mesmo com toda a tradição no futebol nordestino e paraibano.

O Botafogo, por sua vez, está bastante ansioso para entrar em campo no Estádio Amigão nesta quarta-feira. Tudo isso acontece devido à campanha decepcionante de 2018 na Copa do Brasil, quando, ainda na primeira fase, o Fogão foi eliminado pela Aparecidense. E, agora comandado por Zé Ricardo, o Glorioso quer acabar a má impressão e mostrar que aquele resultado foi atípico. Vale ressaltar que o comandante alvinegro, ainda pelo Flamengo, em 2016, foi eliminado pelo Fortaleza em confronto válido pela segunda fase do torneio.

A melhor participação do Botafogo na Copa do Brasil foi em 1999, quando chegou à grande decisão, mas acabou derrotado pelo Juventude num Maracanã lotado, naquele que ficou marcado pelo maior público da história do torneio nacional.

Nesta temporada, o Botafogo também não começou bem. Eliminado da Taça Guanabara com a penúltima pior campanha do seu grupo, o time de Zé Ricardo ainda busca uma performance ideal. E, nesse sentido, quem manteve o bom desempenho do ano passado nos primeiros meses de 2019 foi o atacante Erik, que retornou para um novo empréstimo junto ao Palmeiras. O camisa 11 está com a bola toda e, decidindo jogos importantes, é a chave para a classificação alvinegra.

Campinense – técnico: Francisco Diá
Embalado com a liderança do Grupo B do Campeonato Paraibano, o Campinense vem de vitória sobre o arquirrival Treze no Clássico dos Maiorais, realizado no último domingo. Por isso, o técnico Francisco Diá acredita que a sua equipe está encaixando, no caminho certo para despontar. Vale ressaltar que o estadual da Paraíba para o Rubro-Negro começou no dia 13 de janeiro, exatamente um mês antes do confronto desta quarta-feira. O time que vai iniciar a partida deve ser semelhante ao que venceu no fim de semana.

Botafogo – técnico: Zé Ricardo
No lado botafoguense, a equipe do técnico Zé Ricardo vem de duas vitórias após um início de ano irregular. A última partida disputada foi há uma semana, no triunfo sobre o Defensa y Justicia da Argentina, por 1 a 0, no Estádio Nilton Santos. Na ocasião, o Glorioso chegou a dominar o confronto, principalmente na primeira etapa, mas também viveu o que de pior tem desempenhado neste início de temporada: o desgaste que resulta na perda do controle da partida. Contudo, é com esse grupo que o Fogão vai tentar a sorte em mais uma Copa do Brasil.

ge