Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

CBF retira candidatura à Copa do Mundo feminina de 2023 e vai apoiar a Colômbia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nota oficial nessa segunda-feira (8) informando a retirada da candidatura do Brasil à sede da Copa do Mundo feminina Fifa 2023 e o apoio à Colômbia na disputa para receber o evento. Dessa forma, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) se apresenta com uma candidatura única, aumentando as chances sul-americanas na votação.

De acordo com a CBF, após analisar a documentação da candidatura, a Fifa considerou que “não foram apresentadas as garantias do governo federal e documentos de terceiras partes, públicas e privadas, envolvidas na realização do evento”.

Ainda de acordo com o comunicado da CBF, o governo federal garantiu que o país está apto a receber a competição do ponto de vista estrutural, mas ressaltou que, “por conta do cenário de austeridade econômica e fiscal, fomentado pelos impactos da pandemia da Covid-19, não seria recomendável, neste momento, a assinatura das garantias solicitadas pela Fifa”.

“A CBF agradece a todas e todos que participaram da candidatura brasileira e reafirma seu compromisso com o desenvolvimento do futebol feminino no país. Um compromisso que vem sendo demonstrado tanto no fortalecimento das competições entre clubes, quanto das seleções nacionais. Seguimos com o objetivo de realizar uma edição da Copa do Mundo Feminina Fifa em gramados brasileiros e a trabalhar para que isso aconteça assim que possível”, completa a CBF.

O Tempo