Anterior
Próximo
Anterior
Próximo

Cinco apresentadores se afastam de programas de rádio e TV na Paraíba para disputar Eleições 2022; ao menos sete comunicadores vão concorrer

A partir de 30 de junho é vedado às emissoras transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato (Foto: pixabay)

 

O guia eleitoral das eleições deste ano na Paraíba terá alguns rostos bem conhecidos pela população e não é pela tradição política. Diversos comunicadores abdicaram da função para pleitear um cargo eletivo. No último sábado, dia 30 de junho, terminou o prazo para que eles se desligassem dos programas.

Um dos primeiros a anunciar seu afastamento da função de  apresentador foi Nilvan Ferreira, pré-candidato ao Governo do Estado pelo PL. Quem também decidiu ingressar na política é Fernanda Albuquerque (União Brasil), que agora é pré-candidata a deputada federal.

Heron Cid (pré-candidato a deputado federal pelo PSB) e Emerson Machado (pré-candidato a deputado estadual pelo PSD) que desde abril anunciou sua pré-candidatura a deputado estadual seguem a mesma linha. No início do ano especulou-se bastante o nome de Samuka Duarte, mas ele desistiu do pleito.

Além deles, participam da eleição o radialista Célio Alves (PSB), que disputará uma vaga de deputado estadual. Já  o apresentador e radialista Dr. Emídio (PT) e a jornalista Pâmela Bório (PL) irão disputar um mandato na Câmara Federal

De acordo com a lei, encerrado o prazo para a realização das convenções no ano das eleições, é vedado às emissoras de rádio e televisão, em sua programação normal e em seu noticiário, divulgar nome de programa que se refira a candidato escolhido em convenção, inclusive se coincidente com o nome do candidato. Sendo o nome do programa o mesmo que o do candidato, fica proibida a sua divulgação, sob pena de cancelamento do respectivo registro.

A partir de 30 de junho do ano da eleição, é vedado às emissoras transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato, sob pena, no caso de sua escolha na convenção partidária, de imposição de multa e de cancelamento do registro da candidatura do beneficiário.

ClickPBB