Anterior
Próximo
Anterior
Próximo

Coca-Cola perde 4 bilhões de dólares após gesto de Cristiano Ronaldo

Um gesto do jogador de futebol Cristiano Ronaldo em uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira (14) custou caro para a Coca-Cola. É que o ele tirou duas garrafinhas do refrigerante de sua frente no momento da entrevista e, em seguida, levantou uma garrafa de água.

A atitude do jogador deu a entender que o ideal é beber água e não Coca-Cola. Após isso, já nesta terça (15), as ações da empresa caíram radicalmente.

A marca sofreu uma desvalorização na bolsa de valores e teve uma queda de 4 bilhões de dólares.