Previous
Next
Previous
Next

Complexo Judicial de Mangabeira será inaugurado na próxima quinta

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp
O equipamento, com três galpões, abriga o Arquivo Geral, a Hemeroteca,
o Acervo e o Almoxarifado do Poder Judiciário estadual
Edificado em um terreno com 7.556 metros quadrados, o Complexo Judicial Desembargador João Sérgio Maia, no Bairro de Mangabeira, em João Pessoa, será inaugurado na próxima quinta-feira (24), às 10h. O presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, entregará ao Poder Judiciário estadual um equipamento moderno, com três amplos galpões, totalizando 3.682m² de área construída, onde estão instalados o Arquivo-Geral, a Gerência de Acervo, a Hemeroteca e o Almoxarifado.
Até pouco tempo, parte dessas unidades funcionava em prédios locados, como o Arquivo e o Almoxarifado. A transferência para o Complexo gerou ao Tribunal de Justiça da Paraíba uma economia mensal no valor de R$ 61 mil, segundo informação da Diretoria Administrativa.
No local, estão em fase final de instalação um auditório, um Centro de Conciliação e o Centro Comunitário Vereador Pedro do Caminhão. De acordo com o diretor administrativo do TJPB, Omar Gama, o Centro Comunitário funcionará a partir de uma gestão compartilhada, entre o Tribunal de Justiça e a Prefeitura de João Pessoa. “Este contará com uma biblioteca e será aberto ao público da comunidade de Mangabeira”, disse o diretor.
Os amplos galpões, com área acima de mil metros quadrados cada, possuem pé direito duplo (distância entre o teto e o chão, com estrutura reforçada), permitindo, assim, um uso verticalizado, o que, praticamente, pode duplicar a área instalada, conforme informação prestada pelo setor de Arquitetura e Engenharia do TJPB.
A concepção moderna do Complexo, com espaços planejados, e a localização do prédio foram destacadas pelos servidores que já trabalham no local, a exemplo dos supervisores  João Paulo (Arquivo), Talita dos Santos Rosa (Acervo) e Ataídes Cassimiro da Silva (Almoxarifado).  “Além da economia, é importante ressaltar o ambiente moderno em que estamos trabalhando. No caso do Almoxarifado, o prédio é perfeito, com áreas próprias para caga e descarga. Tudo isso, sem falar na localização, próximo do Fórum Regional de Mangabeira, da Escola Superior da Magistratura e da Corregedoria-Geral de Justiça”, declarou Ataídes.
O supervisor João Paulo chamou a atenção para a climatização do local, o que, segundo ele, “é motivo de satisfação para os servidores que trabalham no Arquivo-Geral”. Já Talita dos Santos acrescentou que o Complexo conta, ainda, com um amplo estacionamento para os servidores e visitantes. “E, o mais importante, o Centro Comunitário”, observou.
Parceria – Iniciada durante a gestão do desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque, e concluída na atual gestão do presidente Joás de Brito Pereira Filho, a obra é fruto de uma parceria com a Prefeitura de João Pessoa, que cedeu o terreno ao Judiciário, por meio da assinatura de um Termo de Cessão de Uso, pelo período de 50 anos. Em contrapartida, o Tribunal se comprometeu a instalar, no próprio Complexo, uma área destinada à comunidade, estruturada com salas e computadores, voltada a treinamentos, lazer, entre outros objetivos.

Assessoria / Paraiba.com.br