Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Desgaste nos pneus causou acidente que matou idosa e enfermeiro em JP, diz laudo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

O Laudo do Departamento de Medicina Legal atestou que o acidente com uma ambulância do Samu que matou uma idosa com suspeita de covid-19 e um enfermeiro no dia 12 de maio, foi causado por desgaste nos quatro pneus.

De acordo com o perito Robson Félix, ao analisar os componentes do veículo, uma das causas determinantes foi o excesso de desgaste nos pneus. Félix contou que os sulcos que servem para escoar a água que possa estar no pavimento não existiam e os pneus deveriam ter sido trocados.

A perita Amanda Melo afirmou que na via existiam dois pontos de impacto, um primário e o secundário. De acordo com Amanda, a ambulância não capotou, mas tombou e desceu a ladeira. Ela contou que não pode analisar o interior do veículo à época devido ao risco de contaminação por covid-19.

Em análise posterior, Amanda disse que os cintos dos motoristas e passageiros apresentavam avarias, que mostram que estavam sendo utilizados no momento do acidente, já os da parte traseira não. “As vítimas apresentavam fraturas múltiplas, que é o que se espera num acidente desses. Não usar o cinto não vai causar o acidente, mas pode causar a morte”, disse.

Outra constatação feita no momento do acidente pela perita, é que não havia marcas de frenagem na pista.

Paraiba.com.br