Previous
Next
Previous
Next

Destaque em reação do Barcelona, Messi abre vantagem na corrida pela Chuteira de Ouro

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Lionel Messi teve mais um fim de semana para chamar de “seu” na corrida pela Chuteira de Ouro. O craque argentino comandou a reação do Barcelona, que buscou o empate com o Valencia, e abriu vantagem na liderança pelo prêmio para o maior artilheiro das ligas nacionais europeias.

Os dois gols marcados no empate por 2 a 2 levaram Messi aos 21 gols no Espanhol. O segundo colocado é o francês Mbappé, com 18 gols (36 pontos) pelo Francês com a camisa do PSG, enquanto Cristiano Ronaldo aparece na terceira posição com 34 pontos após também anotar dois gols no empate da Juventus com o Parma, pelo Italiano – tem 17 no total.

A corrida pela Chuteira de Ouro leva em conta a importância de cada liga nacional. Desde a última temporada, o Francês passou a ter peso dois – em ligas pior ranqueadas na Uefa o gol vale 1,5 ou até mesmo 1 ponto.

Neste momento, o melhor brasileiro é o desconhecido Liliu, campeão e artilheiro no Campeonato Estoniano com o Nömme Kalju, com 31 gols. Como sua liga tem peso um, seus gols correspondem a 31 pontos – ele está em oitavo, mas deve deixar o top-10 em breve.

Liliu chegou a liderar o ranking da Chuteira de Ouro até dezembro do ano passado, no entanto não tem mais chance de levar o prêmio porque a temporada na Estônia já está encerrada.

Neymar, que sofreu nova fratura no quinto metatarso do pé direito, estacionou nos 13 gols (e 26 pontos) pelo PSG.

Veja como está o top-14* da Chuteira de Ouro:

Messi (Barcelona/Espanha): 21 gols e 42 pontos
Mbappé (PSG/França): 18 gols e 36 pontos
Cristiano Ronaldo (Juventus/Itália): 17 gols e 34 pontos
Cavani (PSG/França): 16 gols e 32 pontos
Quagliarella (Sampdoria/Itália): 16 gols e 32 pontos
Pépé (Lille/França): 16 gols e 32 pontos
Salah (Liverpool/Inglaterra): 16 gols e 32 pontos
Liliu (Kalju Nömme/Estônia): 31 gols e 31 pontos
Diagne (Kasimpasa/Turquia): 20 gols e 30 pontos
Beglarishvili (Flora/Estônia): 30 gols e 30 pontos
Paulinho (Häcken/Suécia): 20 gols e 30 pontos
Duván Zapata (Atalanta/Itália): 15 gols e 30 pontos
Suárez (Barcelona/Estônia): 15 gols e 30 pontos
Aubameyang (Arsenal/Inglaterra): 15 gols e 30 pontos

paraiba.com.br