Previous
Next
Previous
Next

Droga usada por Demi Lovato que causou overdose é revelada e deixa fãs chocados

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Como já foi informado pelo TV Foco, no último dia 24 de julho, Demi Lovato acabou sendo levada as pressas para um hospital de Los Angeles, no Estados Unidos, com o quadro de suposta overdose. O caso acabou ganhando proporções gigantescas e no Brasil foi destaque até no Jornal Nacional.

De acordo com o site de notícias TMZ, a overdose da artista teria sido causada pelo mesmo opioide que causou a morte do cantor Prince.

Ainda segundo o site americano, Demi teria mandado mensagem para o traficante ir até a sua casa Hollywood Hills, às 4h daquele dia e ele levou oxicodona, um opioide analgésico semelhante a morfina. Provavelmente, a oxicodona encomendada pela cantora estava misturada com fentanil, um analgésico potente. Fentanil é o opiaceo que causou a morte do cantor Prince e do rapper Lil Peep.

Demi estaria em contato com esse traficante desde abril e ele teria fugido da casa da artista após perceber que ela estava apresentando dificuldades para respirar.

DEMI LOVATO RECEBE ALTA

De alta, Demi Lovato foi encaminhada para uma clínica de reabilitação onde ficará para continuar seu tratamento contra o vício em drogas e segundo o Radar Online, a mãe de Demi, Dianna Hart tomará medidas radicais para proteger a filha.

De acordo com a publicação, uma fonte revelou que Dianna, “além de ordenar que Demi fique na reabilitação por pelo menos 30 dias, Dianna disse a Demi que ela tem que ter um padrinho que acompanhe a sua sobriedade por um ano após ser liberada do tratamento”.

A fonte também informou que Demi precisará ficar três meses internada e fará diversos exames aleatórios. “Demi terá que conversar por vídeo com sua mãe todos os dias após sua liberação da reabilitação e ela também tem que concordar em fazer testes de droga aleatórios em qualquer momento, nos próximos anos”, contou.

Neste domingo, 05 de agosto, a cantora resolveu se pronunciar pela primeira vez sobre o assunto. Ela divulgou uma carta aberta para seus fãs em suas redes sociais e fez um verdadeiro desabafo. “Eu sempre fui transparente sobre a minha jornada com o vício. O que aprendi é que essa doença não é algo que desaparece ou se desfaz com o tempo. É algo que eu preciso continuar superando, o que ainda não fiz”, começou ela.

Demi Lovato aproveitou para agradecer todo o suporte que tem recebido. “Eu quero agradecer a Deus por me manter viva e bem. Aos meus fãs, eu sou eternamente grata por todo o seu amor e apoio durante essa semana e além. Seus pensamentos positivos e orações me ajudaram a navegar por esse momento difícil”, disse.

“Quero agradecer minha família, meu time e a equipe do [Hospital] Cesars-Sinai, que estiveram ao meu lado todo esse tempo. Sem eles eu não estaria aqui escrevendo essa carta para todos vocês. Eu agora necessito de tempo para me curar e focar na minha sobriedade e na estrada para a recupação. O amor que vocês todos me mostraram nunca será esquecido e eu espero pelo dia em que poderei dizer que saí do outro lado. Eu vou continuar lutando”, finalizou a cantora.

TV O Foco