Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Energisa lança pagamento de contas de luz via pix a partir desta quinta-feira

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A Energisa Paraíba e a Energisa Borborema oferecem mais um serviço digital financeiro para facilitar o dia a dia de seus clientes. A partir desta quinta-feira (11/2), o pagamento das contas de luz poderá ser realizado pelo sistema Pix. Com a nova solução, a Energisa torna-se a primeira empresa do setor elétrico a incluir o QR Code nas faturas impressas.

“Mais do que fornecer energia, estamos atuando para aprimorar o atendimento ao cliente. A digitalização de serviços financeiros é fundamental tornar a vida das pessoas mais ágil. O pagamento com o código Pix é seguro, fácil e rápido”, afirma Marcio Zidan, diretor-presidente da Energisa na Paraíba.

A Energisa vem se consolidando como uma empresa completa de energia. “Além de melhorar cada vez mais a qualidade do fornecimento nas áreas de concessão do grupo, estamos avançando rumo ao conceito de Energia 4D, no qual a digitalização está no centro estratégia de negócios. O nosso pioneirismo na solução do Pix demonstra, mais uma vez, que a inovação está no nosso DNA”, afirma Antônio Carlos de Andrada Tovar, diretor de Finanças da Energisa. A Energisa é considerada o maior grupo privado do setor elétrico com capital 100% nacional e também o maior que está presente na Amazônia Legal.

A nova forma de pagamento proporciona grande melhoria na experiência do cliente, já que o QR Code Pix é liquidado muito mais rapidamente. Ela traz benefícios para todos os consumidores, inclusive os não bancarizados, que poderão pagar suas faturas físicas utilizando o QR Code Pix. Além disso, o pagamento pode ser feito a qualquer hora do dia, inclusive nos finais de semana e feriados.

A primeira etapa do novo sistema de pagamento entrou em teste no início do mês nas contas de luz de clientes em dez cidades atendidas pela Energisa: Lucena e Lagoa Seca, aqui na Paraíba, além de Cerejeiras (RO), Tangará da Serra (MT), Nova Andradina (MS), Nova Friburgo (RJ), Dianópolis (TO) e Nossa Senhora do Socorro (SE). O primeiro pagamento Pix no estado foi realizado com sucesso no dia 25 de janeiro.

 

wscom