Previous
Next
Previous
Next

Felipe sofre com lombalgia e será avaliado pelo DM do Botafogo-PB

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A escalação do Botafogo-PB para o jogo contra o Volta Redonda apontou uma ausência que não é nada comum. Acometido de uma lombalgia, Felipe ficou fora da partida e precisou ser substituído por Rhuan, o seu reserva imediato. Para a próxima partida, contra o Floresta, ele será observado de perto pelo departamento médico do clube para saber se terá condições de retornar à meta. A reportagem do ge Paraíba entrou em contato com Glauber Novaes, chefe do DM do Belo, para que ele pudesse explicar o que de fato aconteceu para que o goleiro não entrasse em campo no jogo desse domingo – que, ao apital final, apontou a vitória por 2 a 1 do Voltaço sobre o Alvinegro.

De acordo com o médico, Felipe vem sentindo dores na região lombar da coluna desde a longa viagem de ida e de volta da delegação botafoguense para Belém, onde enfrentou o Paysandu na segunda-feira da última semana. Ele até chegou a treinar ao longo da semana, mas, por conta das dores, ficou fora de um dos treinos da semana em busca de recuperação. O camisa 1 até teve evolução a ponto de conseguir encarar o Voltaço, mas, nesse domingo, no dia do duelo contra os cariocas, ele acordou com mais dores, precisando se dirigir ao hospital e ser medicado.

– Foi só uma dor na lombar mesmo. Ele sentiu desconforto porque viajou muito tempo (ida e volta para Belém) sentado naquelas cadeiras desconfortáveis (de avião). Ele vinha sentindo um incômodo, piorou, e aí ele precisou fazer uma analgesia (tomar remédio para dor) no hospital. Achamos melhor poupá-lo para que ele pudesse se recuperar melhor. Ainda não dá para dizer se ele vai viajar (para o jogo contra o Floresta). Depende de como o quadro dele vai evoluir – disse Glauber Novaes, médico do do clube.

Sem Felipe, Rhuan ficou com a missão de fechar o gol botafoguense. E ele até conseguiu intervir duas boas investidas à queima-roupa do Volta Redonda com bonitas defesas. No entanto, esses lances não foram suficientes. É que atuação do camisa 12 não foi determinante em prol de seu time. Inseguro nas bolas aéreas e mal posicionado nos lances que resultaram nos gols da equipe carioca, o reserva imediato do gol alvinegro deixou a desejar e não correspondeu ao desempenho esperado debaixo das traves.

Com folga nesta segunda-feira, os atletas do Botafogo-PB só se reapresentam na manhã desta terça-feira, quando o grupo começa a preparação para a partida contra o Floresta, marcada para o próximo sábado, às 15h30, no Domingão, no Ceará. A expectativa, é claro, fica por conta do retorno do goleiro Felipe aos treinos desta semana. Caso esteja tudo bem clinicamente, o camisa 1 deve retornar no duelo contra o Verdão do Vale, válido pela rodada #4 da Série C do Brasileiro.

gepb