Previous
Next
Previous
Next

Festa em honra a Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, o Frei Galvão

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A Comunidade Sagrado Coração de Jesus, nos dias 22 à 25 deste mês, se alegra em celebrar a Festa do nosso co-padroeiro Santo Antônio de Sant’Anna Galvão ou como é mais conhecido São Frei Galvão, primeiro Santo brasileiro. Todos os dias haverá, novena, Santa Missa, veneração da Relíquia de 1° grau de Frei Galvão e a tradicional quermesse, após as celebrações, com muita comida gostosa em nossas lanchonetes e animação de sempre.

O santo Frei Galvão conhecido como “o homem da paz e da caridade”,é o religioso cujo coração é de Deus, mas as mãos e os pés são dos irmãos. Toda a sua pessoa era caridade, delicadeza e bondade: testemunhou a doçura de Deus entre os homens. Era o homem da paz.
A devoção a esse santo religioso da Ordem franciscana dos Frades Menores, se dar também por muitos milagres e graças alcançadas por fiéis enfermos que rogaram a sua intercessão e recorreram as milagrosas pílulas de Frei Galvão.

No dia 25 de Outubro, celebraremos a sua memória solenemente em nossa comunidade e distribuiremos cerca de 150 pílulas de Frei Galvão, ao final da celebração.

Fique ligado na programação da festa e divulgue com seus familiares e amigos.

 

 

Sobre a Relíquia

Relíquia é aquilo que resta dos corpos dos santos, ou os objetos que estiveram em contato com Cristo ou com os santos. As relíquias são veneráveis porque os corpos dos santos foram templos e instrumentos do Espírito Santo e ressuscitarão um dia na glória (Conc. de Tr. 25). Na capela Sagrado Coração de Jesus, o devoto pode conhecer uma relíquia de primeiro grau que está em exposição permanente, um fragmento do osso de Frei Galvão.
Em meados de 2008, cerca de um ano após a canonização de Frei Galvão, a comunidade do Sagrado Coração de Jesus, teve o privilégio de receber como presente, a Relíquia de Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, ofertada pelos padres responsáveis do Santuário ao então Arcebispo da Paraíba, hoje Emérito, Dom Aldo di Cillo Pagotto, SSS (in memoriam), que presenteou a comunidade, tornando assim, a capela, a primeira igreja do nordeste a ter exposta a relíquia do primeiro santo brasileiro. Foi então celebrada missa solene, presidida por Dom Aldo que deu sua benção à Relíquia e as Pílulas de Frei Galvão, que foram distribuídas após a missa. Hoje abaixo da imagem de Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, co-padroeiro da comunidade, fica exposto em um quadro, o registro e certificado da relíquia, atestando sua autenticidade. E a relíquia em si, está fixada no altar, em um depósito de mármore que protege o relicário onde está contido o fragmento do osso do santo brasileiro. Venha conhecer, venerar e pedir a sua graça a ser alcançada pela intercessão de Santo Antônio de Sant’Anna Galvão.

 

 

Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, rogai por nós!