Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Fim da tela rachada? Smarts prometem ser ‘inquebráveis’

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

MIL-STD-810G é uma certificação militar desenvolvida pelas forças armadas norte-americanas e que atesta a resistência de dispositivos numa grande variedade de cenários. Em celulares, esse tipo de reconhecimento vem ganhando em smartphones da LG e Caterpillar, por exemplo, além de modelos de outras marcas. Confira, a seguir, o que o selo representa em termos de durabilidade em smartphones.

O processo de certificação busca atestar que determinado equipamento tem capacidade de funcionar e resistir a vários tipos de ambientes e condições extremas enfrentadas pelas forças armadas. No geral, os testes se dividem em categorias que verificam a robustez em impactos (inclusive considerando explosões e tiros), radiação, vibração, quedas, umidade e resistência a altas e baixas temperaturas, ácidos e a grandes variações de pressão atmosférica.

Embora o termo passe uma ideia de alta durabilidade, é preciso ter em mente que o processo de certificação varia conforme cada tipo de produto. Isso quer dizer que o teste que verifica a resistência de um celular será diferente do que aquele aplicado a um armamento, por exemplo.

Um ponto a se observar, ao se tratar de celulares, nem todas as fabricantes expõem com detalhes se seus aparelhos foram submetidos à toda essa gama de testes. O mais comum é que o uso da tal certificação militar tenha relação com a resistência a quedas, temperatura e umidade, mas não necessariamente com a capacidade do telefone operar normalmente em ambientes de baixa pressão atmosférica, por exemplo.

A LG é uma das marcas que vem apostando na certificação MIL-STD-810G nos últimos lançamentos, como o LG G7 ThinQ, LG X4 Plus e LG K12 Plus. Entre os testes aprovados estão as categorias de impacto, temperatura e umidade.

techtudo