Previous
Next
Previous
Next

Fim de semana em João Pessoa tem 3 bares interditados, 10 notificados e 1 pessoa presa

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Alguns donos de bares de João Pessoa têm se mostrado resistentes ao cumprimento dos decretos com medidas preventivas para evitar a disseminação da covid-19. Só nesse fim de semana, a Vigilância Sanitária do município autuou e interditou três bares, e emitiu dez notificações. Além disso, uma pessoa acabou sendo presa, conforme apurou o ClickPB.

Foram interditados um bar nos Bancários e dois em Manaíra. Além disso, um músico foi preso em um bar no Geisel, após agredir uma fiscal da Vigilância Sanitária durante a operação.

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde, Alline Grisi, a aglomeração é um problema em comum entre todos os locais notificados. Pelas regras atuais, os bares só podem atender clientes até 30% de sua capacidade em locais fechados, ou 50% em áreas abertas. ”Não estão querendo cumprir”, comentou ela.

Outro problema recorrente é a falta de distanciamento adequado entre as mesas, que nos locais lotados, acaba ocorrendo.

O horário de funcionamento também é uma questão. De acordo com os decretos estadual e municipal, os bares e restaurante só podem funcionar até às 22h, mas em Manaíra, um bar foi encontrado aberto 45 minutos após a meia-noite, o que desobedece inclusive, ao toque de recolher imposto pela prefeitura, que prevê restrição de circulação a partir da meia-noite.

Além da Vigilância Sanitária, a Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor (Procon-JP) também atua na Operação Previna-se. Ao ClickPB, o Procon-JP informou que, nesse fim de semana, emitiu 13 orientações para adequação, além de ter autuado dois bares por funcionamento fora do horário permitido, aglomeração e falta de espaçamento entre as mesas.

 

clickpb