Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Governador quer medidas duras, mas prefeitos decidem manter comércio, bares e restaurantes abertos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

O prefeito Cícero Lucena se reuniu na tarde desta segunda-feira (22) com prefeitos da Região Metropolitana para definir os parâmetros do novo decreto com medidas para conter a disseminação do novo Coronavírus na Grande João Pessoa.

 

Em entrevista ao programa Hora H, o prefeito de Cabedelo, Victor Hugo, declarou, logo após a reunião que, embora o governador queira medidas rígidas, um diálogo foi estabelecido entre os prefeitos da grande João pessoa e todos conseguiram entrar num consenso.

 

“Nós temos um entendimento que podemos manter a classe produtiva, o comércio aberto, e nos vamos apresentar ao governador para que esse decreto dele não venha de uma forma muito restritiva”, disse Victor Hugo.

Foi confirmado o toque de recolher, fechamento da orla e que haverá redução da mobilidade na Grande João Pessoa. As equipes técnicas estão definindo os detalhes, e o decreto deve ser publicado oficialmente nos próximos dias. O que foi unânime entre os prefeitos é a manutenção do funcionamento do comércio, e a abertura de bares e restaurantes, com a proposta de que funcionem até às 20 horas com a presença do público, e apenas com delivery até às 22 horas.

 

O prefeito de João Pessoa falou sobre sua impressão da reunião com o prefeitos da região metropolitana. “Nós levamos aos prefeitos da região metropolitana de João Pessoa os decretos do Governo do Estado. Na grande maioria houve um entendimento de que o governador precisa baixar um decreto para o estado todo, e que é preciso tomar medidas proativas para ajudar nesse enfrentamento no aumento do número de casos da Covid. Agora vamos levar nossos posicionamentos ao governador para juntos afinarmos as medidas”, declarou Cícero Lucena.

 

Veja abaixo as principais medidas divulgadas até agora pelo Governo da Paraíba e Prefeitura Municipal de João Pessoa para tentar frear o avanço da Covid-19:

 

– Toque de recolher às 22 horas;

– Fechamento da orla;

– Adiamento do ensino híbrido na rede estadual de ensino;

– Aumento da frota de ônibus nos horários de pico;

– Ampliação dos leitos de UTI Covid-19;

– UPAs Oceania e Bancários com atendimento exclusivo para casos de Covid-19.

 

wscom