Previous
Next
Previous
Next

Justiça apreende 16 ônibus do Consocio Metropolitano e população poderá ficar sem transporte

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A partir da próxima segunda-feira (28), usuários de transportes coletivos de Santa Rita e Bayeux para João Pessoa poderão ficar sem o serviço de condução.

Isso porque a Justiça apreendeu 16 veículos da frota do empresário Aldo Marinho, a pedido do grupo financeiro da Mercedes Benz, a DaimlerChrysler.

A medida foi estabelecida após diversas cobranças de dívidas da empresa de mobilidade com o grupo financeiro.

Recentemente, o governador João Azevêdo reduziu 50% do ICMS do óleo diesel e biodiesel, destinado às empresas concessionárias de transporte coletivo de passageiros das regiões metropolitanas de João Pessoa e Campina Grande.

Mesmo com o incentivo estatal e um enxugamento interno, que estava fazendo com que a empresa de Aldo Marinho se recuperasse financeiramente, a crise atingiu o empresário e ele não conseguiu quitar as dívidas com a Mercedes Benz, em virtude das altas taxas cobradas.

Portal F5