Previous
Next
Previous
Next

Marcelinho Paraíba garante que seria titular do Flamengo no lugar de Gabigol

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Marcelinho Paraíba afirmou durante uma live na semana passada que teria lugar garantido como titular do time do Flamengo, no lugar do artilheiro do Brasileirão e da Libertadores pelo clube carioca, Gabigol. O ex-meia está aposentado desde o mês de março, quando vestiu a camisa da Perilima no Campeonato Paraibano pela última vez.

Marcelinho Paraíba foi incitado a comentar sobre o Flamengo, um de seus ex-times e que nos últimos meses, após a chegada do português Jorge Jesus para comandar o clube, entrou em uma grande fase e enfileirou títulos. Sem qualquer modéstia, Marcelinho afirmou que teria vaga entre tantas estrela e ainda minimizou os feito de Gabigol, jogador que ele aponta com o que lhe daria a vaga entre os titulares.

“Sairia Gabigol. Mesmo ele fazendo muitos gols, sendo artilheiro, eu acho que ele sairia. É muito fácil você fazer muitos gols num time daquele”, analisou Marcelinho.

E, para justificar a sua análise, o ex-meia relembrou uma partida entre Joinville e Palmeiras, pelo Brasileirão de 2015, quando ele e Zé Roberto, também aposentado hoje, jogaram com 40 anos cada.

“Eu fui jogar pelo Joinville contra o Palmeiras, de Zé Roberto. Eu fiz dois gols e ele também jogou bem. Nós dois tínhamos a mesma idade, mas eu corria mais, pois jogava em um time inferior”, relembrou o ex-meia.

Por fim, Marcelinho Paraíba ainda garantiu que ajudaria o clube a marcar gols de falta, algo que não acontece desde junho de 2018.

“Eu ainda ajudaria o Flamengo a fazer gols de falta, que é a única coisa que falta ao time”, finalizou.

O paraibano encerrou a carreira em março deste, aos 45 anos, com a camisa da Perilima, time de Campina Grande. Ao longo dos últimos anos, o ex-jogador defendeu camisas como as de Sport, São Paulo, Fortaleza, Portuguesa, Inter de Lages, Treze, além da Águia de Campina, o seu último time. Antes disso, brilhou com as camisa do Grêmio e do Hertha Berlin, da Alemanha, dentre outras passagens pelo futebol.

Vale destacar que Marcelinho defendeu o Flamengo nos anos de 2008 e 2009. Pelo time, foram 25 partidas e 10 gols marcados. No entanto, a saída foi conturbada, porque o jogador deixou o clube em litígio por cobrar salários atrasados. Ele seguiu para o Coritiba, enquanto o Rubro-Negro surpreendeu na temporada, se tornando campeão brasileiro com Adriano e Petkovic como destaques.

Eis que 10 anos depois, o Flamengo é praticamente outra equipe no quesito de administração e estrutura. Hoje, o time é o atual campeão da Libertadores, do Brasileiro, do Carioca, da Recopa Sul-Americana e também da Supercopa do Brasil. Tudo isso com um grande elenco e um técnico europeu.

Já Gabigol, artilheiro dessa equipe, é o maior goleador do Brasil em 2019. Antes de chegar ao Flamengo, o jogador também foi o máximo goleador do Brasileirão de 2018, só que vestindo a camisa do Santos.

ClickPB