Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Ministério Público pede a prisão do youtuber Nando Moura

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ministério Público do Estado de São Paulo pediu à Justiça a prisão do youtuber Nando Moura por injúria e difamação de uma estudante do interior de São Paulo, a quem chamou de “vagabunda” por três vezes em vídeo publicado na internet e visto por mais de 100 mil pessoas.

Nando Moura, conhecido por sua idolatria a Bolsonaro e Olavo de Carvalho
O processo penal que corre na Vara do Juizado Especial de Embu das Artes (SP), sob número 1013015-97.2016.8.26.0506 e estava parado até janeiro deste ano porque os oficiais de Justiça não encontravam Nando Moura para dar sequência aos inquéritos. Moura foi procurado nos endereços de sua conta de telefone celular e outros serviços, além da casa de sua mãe, mas não foi encontrado.

O episódio ocorreu no final de 2015. A pena requerida pela promotoria paulista é de dois anos de detenção.

Nando Moura ficou conhecido por seus vídeos de idolatria a Bolsonaro e Olavo de Carvalho na campanha eleitoral de 2018.

Catraca Livre