Previous
Next
Previous
Next

Paciente que vive há mais de 40 anos em hospital com pólio alerta: ‘vacinem seus filhos’

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Erradicada no Brasil desde 1990, a poliomielite era tratada como assunto resolvido. A doença tem vacina disponível no Sistema Único de Saúde (SUS) e último caso registrado foi há quase 30 anos.

Talvez por desconhecer a gravidade da doença, ou também por falsas informações sobre a vacinação, uma parte dos pais não chegou a vacinar seus filhos. Mais de 300 cidades brasileiras estão com uma baixa cobertura para a polio.

Mas o que causa a pólio?

Eliana Zagui confunde a própria trajetória com a história da doença(assista ao vídeo acima). Ela já foi ao Jô Soares contar como é ter polio, já deu entrevista para diferentes jornais do país, mas continua morando em um quarto do Instituto de Ortopedia do Hospital da Clínicas, em São Paulo.

Ela não consegue respirar sem a ajuda de um aparelho. Nem se mexer sem a ajuda dos enfermeiros do hospital. Mesmo assim, aprendeu a pintar com a boca, escreveu um livro e conseguiu inventar uma forma de acessar a internet pelo celular.

Ela hoje tem 44 anos e chegou ao lugar com 1 ano e 9 meses de idade. Foi por falta de informação que foi parar lá no HC: os médicos diziam que criança com dor de garganta não podia tomar a vacina da polio. E já era a infecção.

G1