Anterior
Próximo
Anterior
Próximo

Prefeitura afasta auxiliar que errou aplicação de vacina contra Covid em Lucena

A Prefeitura de Lucena, na Grande João Pessoa, afastou uma profissional de saúde do Município que aplicou em crianças com menos de 11 anos vacinas contra Covid destinadas a adultos. Em nota à imprensa neste sábado (15), a prefeitura lamentou o caso.

Ainda conforme a gestão de Lucena, as crianças estao sob acompanhamento do Município e não apresantaram reações adversas.

O caso virou alvo de ação no Ministério Público Federal, que abriu uma investigação contra a Prefeitura de Lucena.

A vacina específica para o público de 5 a 11 anos é a Pfizer-Comirnaty Pediátrica. A dose aplicada é reduzida, 1/3 da dose normal. Segundo a SES, a tampa para o imunizante infantil é laranja, enquanto o do adulto é roxa.

Veja a nota divulgada, na íntregra:

A Prefeitura de Lucena lamenta profundamente a falha executada por uma auxiliar que aplicou indevidamente e sem autorização vacinas de combate à COVID-19 em algumas crianças de um posto de saúde da Zona Rural.

Esclarecemos que a decisão foi tomada individualmente pela pessoa que fez a aplicação, sendo uma falha pontual e que não partiu de determinação da administração municipal, de forma que assim que tomamos conhecimento, afastamos a responsável.

A prefeitura esclarece ainda que está pondo a disposição das famílias acompanhamento médico e monitorando as crianças. Já comunicamos à Secretaria Estadual de Saúde para que o Ministério de Saúde também seja informado.

Até o momento, felizmente, as crianças que recebem as vacinas não apresentam quadro adverso na saúde.

A Prefeitura está orientando, novamente, as equipes que fazem a campanha de vacinação contra a COVID e informa a nossa população que a aplicação de vacinas infantis serão feitas, exclusivamente, com as novas vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde, voltadas especificamente para uso pediátrico.

Portal Correio