Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Professores do Estado paralisam atividades na próxima quinta

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Todos os trabalhadores e trabalhadoras em Educação do Estado da Paraíba paralisam suas atividades escolares nesta quinta-feira (03/10), como parte da Greve Nacional da Educação. Este movimento é uma resposta aos ataques sofridos pela categoria desde o início do Governo Bolsonaro. O SINTEP-PB também colocará nas ruas novamente sua pauta local, como revisão imediata do PCCR; mais segurança nas escolas; garantia da oferta de ensino presencial para a EJA; regularização da jornada de trabalho dos professores das Escolas Integrais.

Ao contrário do discurso do período eleitoral, Jair Bolsonaro transformou a Educação em seu “inimigo nº 1”. Professores e estudantes são atacados diretamente pelo presidente e seus ministros, que insistem em dizer que a ciência e o desenvolvimento tecnológico não são importantes para o país.

Assim, a situação educacional do Brasil se tornou caótica: a retirada de verbas da Educação; o atraso no repasse dos subsídios aos programas de pesquisa e desenvolvimento; a militarização das escolas; o ataque à liberdade de cátedra; o fim dos recursos do petróleo para a Educação, com a privatização da Petrobras, são atitudes autoritárias de um governo com a marca da destruição dos direitos trabalhistas e sociais.

Agora estamos sob o risco iminente de perder os recursos provenientes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), principal fonte de financiamento da Educação básica, que garante o pagamento dos salários dos trabalhadores e as melhorias na infraestrutura das escolas.

Por isso, estamos mobilizados e convocamos toda a população paraibana a se manifestar em defesa da Educação pública, gratuita e de qualidade, maior patrimônio da nossa Nação!

ASCOM SINTEP-PB