Previous
Next
Previous
Next

Quem agendar vacinação contra Covid-19 e não comparecer terá CPF bloqueado por até 60 dias em João Pessoa, afirma Fábio Rocha

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

O secretário de saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, afirmou na manhã desta quinta-feira (8), que a pessoa que agendar a vacinação contra Covid-19 e não comparecer para ser imunizada ou se recusar a tomar a dose devido ao fabricante, terá o CPF bloqueado. De acordo com o secretário, o bloqueio pode acontecer por até 60 dias, impedindo a pessoa de realizar um novo agendamento.

A informação foi dada durante entrevista a TV Cabo Branco nesta manhã.

A decisão foi tomada após aparecer ultimamente, os ‘sommeliers’ de vacina, como têm sido chamados, em todo o país. São pessoas que querem escolher o tipo de vacina que irão tomar, seja porque querem fazer viagens internacionais ou porque têm medo dos efeitos colaterais de alguma vacina, ou até mesmo porque julgam que uma vacina é melhor do que a outra.

”Esse comportamento é inaceitável”, disse Fábio Rocha.

Ainda segundo o secretário, caso a pessoa não compareça no dia do agendamento precisa apresentar um atestado médico ou alguma justificativa plausível para que seja liberado o novo agendamento.

O bloqueio do CPF começa a abertura de agendamentos da vacinação na capital paraibana.