Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

São Paulo lança RG digital grátis para ser baixado por aplicativo de celular

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A Polícia Civil de São Paulo lançou na quarta-feira (11) a versão digital e gratuita da nova cédula de identidade, chamada de RG digital.

Nesta quarta-feira (12), centenas de pessoas fizeram fila no Centro de SP para tirar segunda via do documento porque circulou informação falsa que Detran só emitiria CNH para quem tivesse RG emitido nos últimos dois anos. Moradores de rua dormiram na fila e venderam o lugar de manhã por R$ 20 (leia mais abaixo).

O RG digital pode ser baixado gratuitamente por meio de um aplicativo e armazenado no aparelho celular, de forma gratuita. Válido em todo o território nacional, o documento eletrônico não substituirá a necessidade de emissão do RG físico, mas agilizará processos. Veja abaixo o passo a passo para baixar.

Em uma abordagem policial, por exemplo, a apresentação do RG digital deve ser aceita como o documento físico. O policial poderá, inclusive, verificar sua autenticidade via celular.

Também é possível carregar a identidade digital no celular e solicitar a 2ª via do documento físico sem sair de casa.

No caso de roubo ou furto, apesar da existência de sistema de segurança baseado em biometria, senhas e criptografia, que impede acesso a estranhos, o cidadão deve registrar o fato na Delegacia Eletrônica ou pessoalmente nas delegacias de polícia. Se for extraviado ou quebrado, basta reinstalar o aplicativo e emitir novamente o RG digital.

Poderão ter acesso ao documento eletrônico as pessoas com RG emitido a partir de 4 de fevereiro de 2014, que possuam numeração vermelha, QR Code impresso no verso e estejam cadastrados no Sistema Automatizado de Identificação Biométrica (Abis) da PC.

A base de dados paulista possui cerca de 35 milhões de prontuários biométricos. Em caso contrário, o interessado deve emitir um no RG para usar a ferramenta.

g1