Previous
Next
Previous
Next

Tudo o que você precisa saber sobre a 6° rodada do estadual

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

O segundo turno da fase de grupos do Campeonato Paraibano começa neste fim de semana. São dois jogos neste sábado, mais dois no domingo e um isolado na quarta-feira para encerrar a série. O destaque vai para o duelo entre Campinense e Sousa, no Estádio Amigão. A Raposa lidera o Grupo B, enquanto o Dinossauro é vice-líder do Grupo A e ainda está invicto.

NO SÁBADO
CSP x Nacional de Patos
Local: Estádio Almeidão (João Pessoa)
Horário: 16h
Arbitragem: Marcel Phillipe (SE), Herioberto Henrique (PB), Flávia Renally (PB) e Wágner Venceslau (PB) como quarto árbitro.

Lanterna e pior time do Campeonato Paraibano até aqui, o CSP tenta mudar os rumos no segundo turno da competição. A equipe de Josivaldo Alves não conquistou um ponto sequer e precisa correr atrás do prejuízo se ainda quiser se manter na elite do futebol do estado.

Já o Nacional de Patos briga forte por uma vaga nas semifinais. O time tem nove pontos, dois a menos que o Sousa. Na rodada passada, venceu o clássico contra o Esporte e, por isso, chega motivado para confrontar o Tigre fora de casa. Na primeira rodada, o Naça venceu por 2 a 1.

Atlético-PB x Serrano-PB
Local: Estádio Perpetão (Cajazeiras)
Horário: 17h
Arbitragem: Amilton F. Alves (SE), Kilden Tadeu (PB), Wlademir Cunha (PB) e Ruthyanna (PB) como quarto árbitro.

No Sertão do estado, o Atlético de Cajazeiras vai receber o Serrano-PB no Estádio Perpetão. O Trovão Azul trava uma disputa intensa com o Campinense no Grupo B. Porém, no momento, é o segundo colocado da chave, atrás da Raposa por um ponto. A avaliação do técnico Ederson Araújo está no setor defensivo, que tomou cinco gols em cinco jogos disputados.

Já o Serrano-PB não vive uma boa fase. O Lobo da Serra é o lanterna do Grupo A, com apenas quatro pontos somados. Na rodada passada, o time até empatou com a Perilima e, por isso, o diretor de futebol, Evandro Júlio, segue no cargo de interino. Neste sábado, porém, o desafio é ainda mais complexo. No primeiro turno, a vitória atleticana foi por 3 a 0.

NO DOMINGO
Campinense x Sousa
Local: Estádio Amigão (Campina Grande)
Horário: 16h
Arbitragem: Marcelo Soares (SE), Luiz Diogo (PB), Gledson Francisco (PB) e Afro Rocha (PB) como quarto árbitro.

Em Campina Grande, Campinense e Sousa devem fazer o confronto da rodada. O líder do Grupo B é a Raposa, que soma 10 pontos e parece viver um momento de tranquilidade depois de um início de muita oscilação. A derrota no meio de semana para o Botafogo, pela primeira fase da Copa do Brasil, parece não ter abalado o time de Francisco Diá, que vem com tudo para derrotar o Dinassuro e disparar em sua chave.

No lado do Dinossauro, o momento também é bom. O time é segundo colocado do Grupo A, com 11 pontos. E, mais do que isso, junto com o Botafogo-PB, o Sousa está invicto na competição, e melhorou com a chegada do técnico Roberto Carlos. São três vitórias consecutivas, com direito a um triunfo sobre o Atlético de Cajazeiras no clássico sertanejo. No primeiro turno, Alviverde e Rubro-Negro empataram em 1 a 1 numa partida polêmica.

Esporte de Patos x Treze
Local: Estádio José Cavalcanti (Patos)
Horário: 17h
Arbitragem: Rodrigo Batista (PB), Luiz Filipe Correia (PB), Oberto da Silva (PB) e Guilherme Fonseca (PB) como quarto árbitro.

No Sertão do estado, Esporte de Patos e Treze vão para um confronto de times que estão desesperados. Ambos são vice-lanternas de suas chaves e buscam a recuperação enquanto há tempo. No Pato, a novidade é a volta de Marcos Nascimento. O comandante estava atuando como gerente de futebol e volta ao cargo de treinador depois da demissão de Washington Lobo. Com tanta experiência, o time espera se reencontrar com o caminho das vitórias e esquecer o fantasma do rebaixamento.

Enquanto isso, o Galo da Borborema ainda vive um momento de transição. Marcinho Guerreiro estreou com derrota justo no Clássico dos Maiorais. Por isso, a pressão só aumenta, e o afastamento do gerente de futebol, Gil Baiano, comprova a turbulência pela qual o Treze passa. Para domingo, o time espera vencer fora de casa e voltar de Patos com três pontos. Na penúltima colocação do Grupo A, o Alvinegro observa Botafogo-PB e Sousa se distanciarem na zona de classificação para a semifinal. Na primeira rodada, o triunfo foi do Galo por 3 a 0.

NA QUARTA-FEIRA
Perilima x Botafogo-PB
Local: Estádio Amigão (Campina Grande)
Horário: 20h30
Arbitragem: Cláudio Francisco de Lima e Silva (SE), Shumacher Marques (PB), Luiz Diogo (PB) e Severino Ramos Júnior (PB) como quarto árbitro.

Complementando a rodada, a Perilima recebe o Botafogo-PB na quarta-feira. A Águia de Campina não perde há dois jogos, mas o empate com o Serrano-PB foi com sabor de derrota. Agora, o duelo é ainda mais indigesto, contra o time de melhor campanha do Paraibano. Um desafio para lá de complicado numa equipe de campanha bastante mediana até então.

O Belo vive uma maratona na temporada. O time comandado por Evaristo Piza tem se dividido nas disputas do Paraibano, da Copa do Nordeste e também da Copa do Brasil. Por isso, o desgaste é evidente. Apesar disso, são cinco jogos e cinco vitórias no estadual, uma campanha perfeita do Belo que luta pelo tricampeonato consecutivo.

ge