Previous
Next
Previous
Next

Twitch vazado quase inteiro: código-fonte, pagamentos e mais foram distribuídos no 4Chan

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Num megavazamento como poucos, o sistema favorito dos streamers de games acaba de ser praticamente publicado na íntegra na internet. Pagamentos, histórico e até o código-fonte (o texto em linguagem de programação que permite recriar o app em qualquer lugar): quase tudo do Twitch vazou ontem e está disponível a quem quiser, via torrent.

O vazamento tem 125 GB e foi feito num fórum do 4Chan, com o post anônimo afirmando que quer “estimular mais disrupção e competição no espaço de streaming de vídeo online”. E imediatamente notado por desenvolvedores de jogos:

O que do Twitch vazou no 4Chan?

O arquivo foi verificado pela equipe do The Verge como provavelmente legítimo. A lista completa dos conteúdos vazados é:

  • 3 anos de detalhes de pagamentos;
  • Tudo do site twitch.tv, “com o histórico desde seu princípio”;
  • Código-fonte para as versões mobile, desktop e console dos clientes do Twitch;
  • Código ligado aos SDKs e serviços AWS internos usados pelo Twitch;
  • Dados de outras propriedades do Twitch como IGDB e CurseForge;
  • Ferramentas de segurança interna do Twitch;

E, o mais curioso de tudo: um app concorrente nunca lançado, da Amazon Game Studios, com o codinome Vapor. Contém também o código-fonte completo.

Quanto às senhas, há informações contraditórias: ou não estão incluídas (segundo The Verge) ou estão, mas com criptografia (segundo Sinoc).

A recomendação para quem acha que seu perfil vazou no Twitch é a mesma a qualquer um atingido por uma situação assim. Que todo mundo que usa o serviço altere suas senhas e habilite o sistema de verificação em duas etapas.

Até o fechamento desta matéria, o Twitch ainda não havia se manifestado sobre o vazamento.

Olhar Digital