Anterior
Próximo
Anterior
Próximo

Vereador perde mandato por xingar prefeito, na Paraíba

A Câmara Municipal de Alhandra, na Grande João Pessoa, extinguiu o mandato do vereador Jeremias Nascimento (Progressistas) e convocou a 1ª suplente, Regiane dos Santos, mais conhecida como Rosa do Gás, para ocupar a vaga. As informações são do Blog Sony Lacerda.

A decisão foi tomada pela Mesa Diretora da Casa na última segunda-feira (2), devido à perda automática dos seus direitos políticos em decorrência de sentença penal condenatória.

Jeremias foi condenado a quatro meses de detenção pelos crimes de calúnia e injúria, além do pagamento de multa de R$ 3 mil, a título de danos morais, após ter xingado o prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues, de “ladrão, ridículo, imbecil e palhaço”. O caso aconteceu em 2015.

Após a condenação, Jeremias Santos recorreu, o que foi negado pela juiz Eslú Eloy Filho, do Tribunal de Justiça da Paraíba.

Em agosto de 2021, Jeremias se envolveu em outra polêmica. Durante discurso na tribuna da Câmara, chamou o colega, vereador João Ferreira (Democratas), mais conhecido por João Sufoco, de “diabo”.

Portal Correio