Previous
Next
Previous
Next

Sancionada Lei Romeo Mion, que cria carteira de identificação para autistas

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Foi sancionada, nesta quarta-feira (8), a “Lei Romeo Mion”, que cria a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea). A sanção foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (9).

A lei, que leva o nome do filho do apresentador Marcos Mion, prevê a criação da Ciptea para facilitar o atendimento prioritário a pessoas com Transtorno do Espectro Autista no acesso aos serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social.

A Ciptea será expedida pelos órgãos responsáveis pela execução da Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, mediante requerimento, acompanhado de relatório médico, com indicação do código da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID).

O texto prevê também que os estabelecimentos públicos e privados poderão valer-se da fita quebra-cabeça, símbolo mundial da conscientização do transtorno do espectro autista, para identificar a prioridade devida às pessoas com transtorno do espectro autista.

clickpb