Previous
Next
Previous
Next

Secretário fala de retorno das aulas híbridas e afirma que serão feitos testes de covid-19 a cada 15 dias

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Comentando o apelo do Ministro da Educação, Milton Ribeiro, o secretário de Educação da Paraíba, Cláudio Furtado, afirmou, entrevista ao Sistema Arapuan, nesta quinta-feira (22), que o retorno está previsto para setembro de forma híbrida. O secretário afirmou que é benéfica a fala do ministro, mas que é preciso tomar cuidados em relação ao retorno completo, pois ainda não há previsão de cobertura vacinal contra a covid-19 para crianças e adolescentes. “Achamos interessante o Ministério assumir uma posição de retomar em algum momento a educação nessa pandemia, mas é preciso um plano de retorno das aulas e a partir de setembro essa é a meta da educação na Paraíba”, disse.

Primeiramente será retomado o ensino híbrido a partir de setembro, sendo obedecidas todas as questões normativas e medidas de segurança estabelecidas no decreto do governo do Estado. “Vamos tomar como padrão uma turma de 30 alunos, ela será dividida em duas de 15, eles irão para escola segunda e terça e terão 30% do conteúdo presencial, na quinta e sexta, os outros 15 irão. Os outros 70% do conteúdo será passado de forma remota.

Quanto ao retorno presencial o secretário afirmou que é preciso estar atento à situação vacinal. “Não sabemos quando a vacina chegará para os adolescentes, mas ainda não tem um plano, estamos só analisando a partir de dados da própria pandemia, que poderão ser feitos durante o segundo semestre desse ano. Haverão testes sorológicos a cada 15 dias com toda essa comunidade para ver como vai acontecer com a prevalência dentro da comunidade escolar”, disse.

Seguindo o planejamento para o retorno das aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino de João Pessoa, a Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) reuniu, na tarde desta quarta-feira (21), no auditório do Centro Administrativo Municipal, os diretores dos Centros de Referência em Educação Infantil (Creis) para dar orientações e tirar dúvidas sobre os protocolos de prevenção à Covid-19.

De acordo com a diretora do Departamento de Educação Infantil da Sedec, Maria Sonaly Machado, o encontro foi importante para alinhar todos os protocolos e tirar dúvidas dos gestores. “A ideia da reunião com as gestoras foi devido ao quantitativo de matrículas que nós tivemos. Por causa da grande demanda, tivemos que abrir 23 anexos e, pensando já nesse retorno, estamos elaborando estratégias para que cada unidade consiga atender as crianças com qualidade e segurança seguindo todos os protocolos de prevenção à Covid-19”, explicou.

Apenas nas séries da Educação Infantil, são 18.010 alunos matriculados, divididos em 781 turmas. Devido ao grande número de crianças, a Sedec fez um esforço para organizar as turmas nos Creis.

A previsão para o retorno das aulas presenciais na Rede Municipal de João Pessoa é para o mês de agosto, mas ainda não há uma data definida. Neste início, as aulas serão conduzidas de forma híbrida, com parte da turma presencial e outra parte em formato virtual.

Cuidado especial – Mesmo com as aulas presenciais suspensas, a Prefeitura fez um esforço para manter a qualidade do ensino. As atividades virtuais estão sendo conduzidas através da plataforma da Google Meet, que é utilizada pelas principais escolas do Brasil. Além disso, os estudantes recebem orientações através de grupos de WhatsApp e materiais impressos são distribuídos nas escolas.

Secom JP
Destaques